Diário de Bordo N10 (Torto) por Giovana Laranjeira

O ano de 2018 começou a todo vapor. Afinal, é ano de aniversário. Desde o final de 2017, estamos ensaiando um espetáculo lindo, que fará parte de nossas comemorações. “TORTO”, nossa versão para o texto “Tusselilul”, de nosso padrinho Ronaldo Ventura, é uma montagem que promove um encontro de gerações, com um elenco formado por ex-integrantes do grupo, agora parte da equipe técnica, integrantes dos nossos últimos dois elencos e novos alunos-atores, convidados especialmente para este trabalho. As idades dos integrantes do elenco, variam de 13 até 26 anos e a experiência tem sido realmente fantástica.

Semana passada, durante a leitura do “Diário de Bordo”, Giovana Laranjeira, carinhosamente chamada de Laranja, nos emocionou com a leitura do Diário de Bordo, que trouxe um texto cheio de preciosidades. Vale a pena conferir.

 “Apesar de todas as possibilidades, o infinito te trouxe até aqui.” – poesia de Saturno

Antes de começar, tenho que confessar que demorei bastante para tomar coragem e escrever no diário de bordo, mas, não por falta do que escrever e sim porque eu não conseguia (ainda não consigo direito) organizar tudo o que eu sentia e queria falar.

Apertem os cintos, porque hoje eu vou falar dessa viagem que tem sido fazer teatro com todos vocês.

Bem, eu nunca esperei muito de nada, sempre tentei não criar expectativas, eu nunca pensei que aquele link que a Geovaninha me mandou era algo tão grande, tão bonito.

Essa não é de longe a época mais feliz da minha vida, e pode não ser a de vocês também. E eu sei que existem dias, que assim como eu, vocês pensam que tudo vai dar errado e que o universo está conspirando contra você. Mas tem uma outra coisa que eu tenho certeza, eu tenho certeza que depois de uma respiração tudo o que “tá” acontecendo de lado de fora vai embora e todos nós nos tornamos aquele/aquela que encontrou um patinho no meio das flores.

Toda essa loucura tem feito eu descobrir muito sobre mim e até sobre outros ao meu redor. É muito louco olhar para si mesmo e reparar tudo o que você fez ou vivenciou até agora. O universo colocou todos nós juntos em uma sala por algum motivo e tenho certeza que faremos um bom uso da oportunidade que ele nos deu.

Tem uma frase que o Vá falou para nós (acho que no terceiro ensaio) que agora reflete em tudo o que eu penso/falo ou sinto: “o que te impede?”

Eu acho que eu escreveria mais umas três páginas se eu continuasse, mas vou parar por aqui, eu amo vocês, eu amo cada um de vocês com todo meu coração, obrigada por terem feito esta uma das melhores férias da minha vida.

Ah! Lembre-se que independentemente do que você estiver passando, vai tudo ficar bem, você é amado, e muito!

Agora só falta a gente arrasar na estreia!

Com amor, Laranja🍊

TORTO um novo jeito de olhar o mundo🌳

O torto pra mim é uma forma de ver o mundo e as pessoas que vivem nele sem julgamentos. É não se julgar, nem julgar os outros. É olhar para si próprio e descobrir a felicidade, é amar incondicionalmente.